O Palacete do Caminho Novo, em São Cristóvão, Rio de Janeiro, é um raro exemplar arquitetônico do século XIX e é uma das primeiras edificações tombadas como patrimônio histórico e artístico nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Brasil (IPHAN) em 1938. Projetado por Jean Pierre Pézerat, arquiteto do Imperador, é adornado com pinturas decorativas de Francisco Pedro do Amaral e estuques dos irmãos Ferrez. O prédio já abrigou o Museu do Primeiro Reinado e hoje abriga o Museu da Moda Brasileira.

Palacete do Caminho Novo: O local onde Mauá e a Marquesa de Santos viveram