D. Pedro II – A história não contada: o último imperador do Novo Mundo revelado através de cartas e documentos inéditos, escrito por Paulo Rezzutti, oferece um olhar profundo e revelador sobre a vida e o reinado de Dom Pedro II, último imperador do Brasil. Utilizando cartas e documentos inéditos, o autor apresenta uma perspectiva mais íntima e detalhada do monarca, revelando aspectos menos conhecidos da sua personalidade, vida privada e governança.

D. Pedro II – A história não contada: O último imperador do Novo Mundo revelado através de cartas e documentos inéditos | Resenha
Imagem: Brazilian History, 2024

Rezzutti desvenda a complexidade de Dom Pedro II, retratando-o não apenas como um líder político, mas também como um ser humano com emoções, conflitos e dilemas. O livro explora sua educação, suas relações familiares e suas interações com figuras proeminentes da época. Além disso, destaca a dedicação de Dom Pedro II ao conhecimento e à cultura, refletida no seu apoio às ciências e às artes.


O livro D. Pedro II – A história não contada: o último imperador do Novo Mundo revelado através de cartas e documentos inéditos, escrito por Paulo Rezzutti, oferece uma visão profunda e inédita da vida de Dom Pedro II, o último imperador do Brasil. Com estrutura organizada e experiência de leitura fluida, a obra está dividida em quatro capítulos principais: Infância e Adolescência; O Imperador e o Brasil; O Imperador e o Mundo; O Ex-Imperador; além de anexos que complementam o conteúdo.

Um dos grandes méritos do livro é a utilização de fontes primárias e documentos originais, permitindo a Rezzutti revelar aspectos pouco conhecidos da vida de Dom Pedro II. A narrativa é simples e envolvente, facilitando a compreensão e tornando a leitura agradável e educativa.

O prólogo do livro é particularmente cativante, apresentando um panorama da queda da monarquia e do exílio da família imperial, o que desperta a curiosidade do leitor para os capítulos seguintes. Logo no início, o autor também presta homenagem aos pais de Pedro II, fazendo um resumo conciso dos acontecimentos no Brasil antes do nascimento do futuro imperador.

O primeiro capítulo é especialmente interessante, abordando as pessoas que cercaram a vida de Pedro II durante sua infância e adolescência, e trazendo detalhes pouco conhecidos de seus diários. Um episódio chocante descrito no livro é a agressão de Pedro II a uma de suas irmãs, revelando um lado raramente discutido de sua juventude.

O livro destaca momentos cruciais da vida de Dom Pedro II, como a infância rigorosa que moldou suas qualidades, o “Golpe da Maioridade”, suas correspondências íntimas e respeitosas com três mulheres, a difícil escolha da aia para as princesas, a Guerra do Paraguai, suas viagens à Europa e encontros com grandes personalidades, e os acontecimentos que antecederam o Golpe Republicano de 1889. A bibliografia é rica e bem fundamentada, com muitas fontes primárias.

No entanto, o livro tem algumas falhas. Embora contenha uma seção de imagens ilustrativas no meio do livro, teria sido mais eficaz distribuir essas imagens ao longo do texto para enriquecer visualmente a narrativa. Além disso, Rezzutti parece dedicar muito espaço no início do livro à vida de Dom Pedro I, o que poderia ter sido mais conciso para focar mais rapidamente em Pedro II.

Outra crítica importante é a presença de muitos erros tipográficos que não foram devidamente revisados antes da impressão. Além disso, a forma como as citações são apresentadas pode ser inconveniente, pois o leitor precisa ir até o final do livro para consultar as notas em vez de encontrá-las no final das páginas.


Referência: REZZUTTI, Paulo. D. Pedro II – A história não contada: O último imperador do Novo Mundo revelado por cartas e documentos secretos. Brasil: Leya, 2022.

Matheus Araújo - Brazilian History
Matheus Araújo
Idealizador e Editor no Brazilian History | Local na rede Internet

Matheus é empresário da Araujo Media, onde atua como CEO e Diretor de Criação. Ele compartilha análises em seu blog pessoal “matheusaraujo.me” e atualmente faz graduação em Publicidade e Propaganda. Além disso, tem paixão por História, principalmente pela História do Brasil, o que o levou a se tornar o fundador e editor do portal Brazilian History.